No RN, 5 prisões são registradas e 113 denúncias foram feitas à Justiça Eleitoral

Estado é o maior em número de municípios com reforço da tropa federal; em Parelhas, um eleitor morreu enquanto aguardava na fila para votar

Anna Ruth Dantas, Especial para O Estado, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2016 | 14h54

NATAL - O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte divulgou, há poucos instantes, uma parcial sobre o pleito no Estado. Foram feitas 113 denúncias por meio do aplicativo Pardal e cinco prisões foram registradas, inclusive de candidato a prefeito e vereador do interior.

O Rio Grande do Norte é o Estado com o maior número de municípios com reforço da tropa federal. Das 167 cidades potiguares, 89 municípios estão com tropas federais.

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte estima que até às 22h toda apuração tenha sido encerrada. A expectativa é que até às 20h, 90% dos votos em todo Estado estejam apurados.

No município de Parelhas, distante 245 quilômetros de Natal, um eleitor morreu enquanto aguardava na fila para votar. José Lima de Souto Filho, de 50 anos, foi socorrido ainda no local de votação, mas morreu antes de chegar ao hospital.

Tudo o que sabemos sobre:
NATALRio Grande do NorteParelhas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.