No Rio, 12 prisões por fraude contra o INSS

A Polícia Federal e o Ministério Público prenderam 12 pessoas ontem na Operação Epidemia, incluindo 3 vereadores, acusadas de fraudes contra o INSS em Bom Jesus do Itabapoana (RJ). O Ministério Público estima o prejuízo em R$ 10 milhões e denunciou 19 políticos, advogados e servidores do INSS. Segundo a denúncia, o grupo conseguia auxílios-doença e aposentadorias por invalidez falsos para seus integrantes, parentes, amigos e eleitores. Em troca, recebia parte do valor dos benefícios. "Só em 2007, quase 10% da população adulta da cidade conseguiu benefício", disse o procurador Cláudio Chequer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.