Divulgação
Divulgação

No Recife, Dilma evita comentar decisão de Serra

Presidente disse que assunto tem que ser tratado em nível municipal e que a impresa é que nacionaliza a questão

Angela Lacerda, correspondente em Recife

28 de fevereiro de 2012 | 12h55

RECIFE - A presidente Dilma Rousseff evitou fazer qualquer comentário sobre a entrada do ex-governador José Serra (PSDB-SP) na disputa pela Prefeitura de SP. "Sou presidente da República, não sou prefeito de São Paulo e não tenho nenhum pronunciamento para frazer a esse respeito", afirmou. Dilma ainda disse que a questão deve ser tratada "a nível municipal". "Dizem vocês que nacionaliza [a questão da dipsuta PT x PSDB]."

 

A presidente ainda falou sobre a situação da base na Artártida. Dilma reforçou a decisão de reconstruir a estação Antártica Comandante Ferraz, da Marinha, destruída sábado por um incêndio. Segundo ela, as condições de reconstrução irão depender da avaliação dos técnicos.

 

A presidente falou no Recife, onde compareceu à solenidade de entrega de 480 moradias a famílias removidas de palafitas em área ribeirinha no bairro do Pina, no Recife, Pernambuco. O governador do Estado, Eduardo Campos (PSB) acompanhou a presidente no evento.

 

A remoção de total de 992 famílias foi concluída, faz parte da construção do complexo viário da Via Mangue, que tem como objetivo desafogar o trânsito na zona sul da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.