No rádio, Dilma e Aécio reivindicam vitória em debate

No segundo programa eleitoral no rádio nesta quarta-feira, 15, os candidatos Dilma Rousseff e Aécio Neves se declararam vencedores do debate de ontem na TV Bandeirantes. Ambos exibiram trechos em que criticavam o adversário.

JOSÉ ROBERTO CASTRO, Estadão Conteúdo

15 de outubro de 2014 | 13h13

Para o programa do PT, "ficou claro que Dilma venceu o debate". Os questionamentos da presidente sobre qual a punição para casos de suspeita de corrupção em governos do PSDB tiveram destaque. Foram citados os casos Sivan, reeleição, mensalão mineiro e cartel de trens. "Estão todos soltos. Quero todos aqueles culpados presos, candidato. Essa é a minha indignação e o senhor, Aécio, não enxerga", disse a presidente.

O programa repetiu ainda a acusação de nepotismo feita por Dilma a Aécio. No debate desta terça-feira, depois de ouvir que tinha "um irmã, um tio, três primos e três primas" no governo, Aécio desafiou Dilma a dizer onde trabalhava sua irmã.

Já para o programa tucano, "a verdade venceu a mentira" e Aécio mostrou ser o mais preparado para governar o País. Foram apresentados trechos do debate em que Aécio exalta seu governo em Minas e diz que Dilma perdeu a eleição no Estado no primeiro turno. "A senhora perdeu em Minas, as candidaturas de oposição foram amplamente vitoriosas", disse Aécio, somando seus votos aos de Marina.

Aécio ainda apareceu agradecendo "a duas mulheres" que declararam apoio a sua candidatura: Marina Silva e Renata Campos. Nas considerações finais, o tucano disse que se preparou para dar ao Brasil um governo "ousado" e que não permitirá que o País seja dividido "entre nós e eles".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.