No lugar de ACM, Maciel assume presidência da CCJ

O cargo estava vago desde a morte do senador baiano no último mês; Maciel era o único candidato

Rosana de Cassia, do Estadão

08 de agosto de 2007 | 13h16

O senador Marco Maciel (DEM-PE) foi eleito por unanimidade presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), em substituição ao senador Antonio Carlos Magalhães (DEM-BA). No dia 20 do mês passado, ACM morreu por falência múltipla dos órgãos. Formado em Direito, Marco Maciel, que já ocupou vários cargos públicos, inclusive o de vice-presidente da República, é um constitucionalista respeitado. Também ocupa a 39ª cadeira da Academia Brasileira de Letras. Antes da eleição, o senador Valter Pereira (PMDB-MS), que presidia a reunião, pediu um minuto de silêncio em homenagem ao ex-presidente.  Na segunda parte da reunião, já sob a presidência de Marco Maciel, os senadores analisarão três indicações para o cargo de ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST).   

Tudo o que sabemos sobre:
Morte de ACMMarco MacielCCJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.