No Facebook, Eduardo Campos comemora filiação de Eliana Calmon no PSB

A ex-corregedora nacional de Justiça será anunciada no próximo dia 19 como candidata do partido ao Senado pela Bahia

Carla Araújo , Agência Estado

04 Dezembro 2013 | 16h21

SÃO PAULO - - O governador de Pernambucano, Eduardo Campos, exaltou nesta quarta-feira a filiação da ex-corregedora nacional de Justiça, Eliana Calmon, ao seu partido, o PSB. "Eliana desempenha um papel muito importante na história recente do Brasil. Sua seriedade e competência sempre foram exemplares", escreveu Campos em sua página do Facebook.

Campos afirmou ainda que Eliana, quando assumiu o cargo de corregedora no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), "conseguiu uma vitória que muitos julgavam impossível: aumentar a moralização e a eficiência da Justiça no Brasil", disse. A filiação da magistrada está marcada para acontecer no próximo dia 19 e ela será anunciada como candidata ao Senado pela Bahia na chapa da senadora Lídice da Mata, que disputará o governo.

Eliana ganhou notoriedade quando era corregedora do CNJ e declarou haver "bandidos de toga" entre os magistrados. "Primeira mulher a ocupar uma cadeira no Superior Tribunal de Justiça, outro destaque de Eliana foi a coragem ao iniciar investigações sobre evolução patrimonial de juízes e para esclarecer acusações de improbidade", afirmou Campos, que lembrou o uso do termo "bandidos de toga". "Claramente se tratava de uma servidora diferenciada, de princípios e com um ideal comum com a nossa proposta de mudança", completou.

O governador disse ainda acreditar em uma chapa competitiva na Bahia. "Fico muito animado em saber que ela e a Senadora Lídice da Mata estarão à frente de uma chapa que mudará a história política da Bahia", finalizou.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Campos Eliana Calmon PSB

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.