No Ceará, Aécio defende aliança por 'grande projeto'

Em evento, governador de Minas elogiou Ciro, a quem definiu como 'um homem preparado para conduzir País'

CARMEN POMPEU, Agencia Estado

29 de maio de 2008 | 17h14

Ao lado do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) e do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), o governador de Minas Gerais,  Aécio Neves (PSDB), defendeu nesta quinta-feira, 29, em Fortaleza, uma ampla aliança política em torno de um projeto para o Brasil. A proposta foi apresentada durante palestra proferida pelo governador mineiro na XII Conferência Nacional dos Legislativos Estaduais, que prossegue até sexta em Fortaleza."Gostaria de um grande projeto com os homens de bem desse País", declarou Aécio, incluindo os nomes de Ciro, do irmão dele, o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), Tasso e o ministro das relações institucionais, José Múcio. Todos eles estavam presentes ao evento. "Quem sabe num futuro não muito longínquo nós estaremos juntos construindo um projeto nacional?", instigou. Descontraído, Aécio chegou num carro guiado por Tasso, acompanhado por dois batedores do governo cearense, cedidos por Cid Gomes. No meio da coletiva, viu Ciro entre os jornalistas com uma máquina, pedindo para que sorrisse para uma foto. "Estou muito bem. O Tasso é o motorista e o Ciro, fotógrafo", brincou o governador mineiro.Aécio desmanchou-se em elogios para com Ciro, a quem definiu como "um homem preparado para conduzir o País" e de quem disse que será sempre um aliado. Perguntado se o deputado cearense seria um bom nome para ser seu vice nas eleições presidenciais de 2010, afirmou que seria prepotência de sua parte achar isso, pois Ciro estaria preparado para encabeçar uma chapa.

Tudo o que sabemos sobre:
Aécio NevesTasso Jereissatti

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.