No 1º evento após eleições, Marta não fala com imprensa

No primeiro evento público após a derrota nas urnas, a prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), não falou com a imprensa hoje. Pela manhã, ela participou da abertura do VII Reunião do Comitê Setorial de Promoção Social da União de Cidades e Capitais Ibero-Americanas (UCCI), no Palácio do Anhangabaú, sede da administração paulistana. Apesar de não dar entrevistas, a prefeita falou durante 14 minutos na abertura do evento. No discurso, Marta não fugiu do tema do encontro e ressaltou a importância de um governo realizar políticas de inclusão social.A prefeita reafirmou que a principal ação de sua gestão foi "a luta contra a pobreza e a exclusão". "E essa prioridade que nos fez criar os Céus (Centros Educacionais Unificados)", emendou.Marta também afirmou que a melhoria da qualidade de vida da população não se faz só com atuação em áreas clássicas, como a saúde e educação. "Fizemos um investimento pesado nos transportes", disse, referindo-se à implantação do Bilhete Único e da redução do tempo gasto para deslocamento nos ônibus da cidade com os corredores de ônibus feitos em sua gestão, os Passa-Rápido.À noite, Marta participa da cerimônia de posse da nova diretoria da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), no Museu do Ipiranga. O evento contará ainda com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de outras lideranças políticas nacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.