Niterói tem casos isolados de problemas com biometria

Rio, 26/10/2014 - A cidade de Niterói, na região metropolitana do Rio, apresentou votação tranquila nas primeiras horas da manhã. Até às 10h30, houve poucos registros de problemas com a identificação biométrica nas urnas eletrônicas.

Estadão Conteúdo

26 de outubro de 2014 | 10h59

No primeiro turno, algumas seções da cidade tiveram grandes filas ao longo de todo o dia devido a falhas na biometria. Na ocasião, o horário de votação precisou ser estendido em mais de uma hora.

Niterói é o maior colégio eleitoral do Rio a usar urnas biométricas. Mais de 350 mil eleitores votam nas 1.193 seções eleitorais da cidade. Em Búzios, cidade do litoral norte do Rio onde também foi utilizada a identificação biométrica, uma urna foi substituída até o momento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.