Nilmário Miranda será o candidato do PT ao governo de Minas

O presidente do diretório mineiro do PT, Nilmário Miranda, foi escolhido candidato do partido ao governo estadual numa consulta popular e suprapartidária realizada em um total de 531 municípios do Estado. Nilmário, porém, não tem adversários e deverá repetir a disputa de 2002, quando foi derrotado pelo governador Aécio Neves (PSDB), candidato à reeleição.O nome do ex-ministro da Secretaria Especial dos Direitos Humanos ainda terá de ser ratificado na convenção estadual do PT-MG, em junho. De acordo com a Secretaria de Comunicação do PT, até as 16 horas de hoje, Nilmário havia obtido 41.312 dos 53.833 votos coletados, ou 76,7% do total apurado. Os votos nulos e brancos representavam 13%. Os demais votos estão distribuídos entre dezenas de outras indicações. Na consulta organizada pelo PT, Aécio havia obtido 4,8% dos votos.A expectativa da coordenação da consulta é que o processo de apuração seja fechado na tarde de amanhã. Conforme o PT, deverão ser contabilizados ainda entre 20 a 25 mil votos até o final da apuração.O virtual candidato petista ao Palácio da Liberdade comemorou o resultado, que, na sua opinião é uma sinalização de apoio voluntário na eleição. Nilmário admite que o governador é o favorito, mas não acredita em "eleição já ganha". "Se houver coligação com o PMDB, a disputa se torna eleitoral, não apenas uma candidatura para fazer palanque para o presidente Lula", avaliou. O PT ainda trabalha para atrair o PMDB e chegou a oferecer a cabeça de uma chapa de oposição a Aécio ao ministro das Comunicações, Hélio Costa, que não quis entrar na disputa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.