Nildo vai pedir reconhecimento de paternidade

O advogado Wlício Chaveiro Nascimento, que defende o caseiro Francenildo dos Santos Costa, o Nildo, deverá protocolar nesta semana no Tribunal de Justiça (TJ) do Distrito Federal uma ação de investigação de paternidade. O advogado informou hoje que a ação deverá ser movida contra o empresário do Piauí Eurípedes Soares, que, segundo Nildo, teria depositado dinheiro em sua conta bancária na Caixa Econômica Federal (CEF).O sigilo da conta foi quebrado ilegalmente após o caseiro ter afirmado que o então ministro da Fazenda, Antonio Palocci, freqüentava uma mansão em Brasília na qual eram realizadas reuniões de integrantes da chamada república de Ribeirão, formada por ex-assessores de Palocci na prefeitura de Ribeirão Preto.Wlício Chaveiro Nascimento contou que a ação tem o objetivo de comprovar que o empresário piauiense é mesmo o pai de Nildo. "Vai convergir para a prova de exame de DNA", prevê o advogado. Ele contou que se for confirmada a paternidade, será necessário modificar o registro de Nildo já que no documento atual constam os nomes dos avós do caseiro. O empresário, dono de linhas de ônibus no Piauí, assumiu ter feito os depósitos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.