Nicolau depõe no processo de sonegação

O juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto já chegou ao Fórum Criminal Federal da capital paulista para prestar depoimento à juíza federal da 6ª Vara Criminal de São Paulo, Luciana Ortiz Tavares Costa Zanoni, no processo que responde por sonegação fiscal. A Polícia Federal mobilizou mais de 100 homens, entre agentes federais e policiais militares, incluindo dois oficiais, cinco sargentos, doze oficiais de trânsito e 45 policiais militares, para fazer a segurança do local. Cerca de 100 pessoas receberam o juiz no Fórum aos gritos, chamando-o de ladrão e bandido.Hoje depõem também, às 14 horas, Lúcia Helena Rosas de Ávila Feijó e Luiz Gastão Paes de Barros Leães, testemunhas de defesa dos empresários Fábio Monteiro de Barros Filho e José Eduardo Teixeira Ferraz, respectivamente presidente e vice-presidente da Incal, empresa responsável pela obra do TRT de São Paulo. Eles respondem pelos crimes de estelionato contra entidades de direito público, formação de quadrilha, peculato, corrupção ativa, falsidade ideológica e uso de documento falso. Os processos do juiz aposentado e o dos empresários correm sob segredo de Justiça, portanto, as audiências ocorrem sem a presença da imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.