Nicolas Sarkozy e Carla Bruni chegam ao País para encontro

Presidente francês se reunirá com Lula em sua última viagem oficial como líder da União Européia

22 de dezembro de 2008 | 10h49

Em sua última viagem oficial como líder da União Européia, o presidente da França, Nicolas Sarkozy, terá no Brasil uma agenda repleta de anúncios positivos, mas precisará lidar com alguns assuntos delicados na relação bilateral, como a imigração. Ele chegou ao Hotel Copacabana Palace na manhã desta segunda-feira, 22, acompanhado da primeira-dama, Carla Bruni.  Wilton Junior/AEDo lado positivo da agenda, o destaque são os acordos na área de defesa. Um deles prevê a construção, no Brasil, de 50 helicópteros com tecnologia francesa que serão usados pela Força Aérea Brasileira.  Veja também: Acordos de Defesa devem marcar encontro entre Lula e Sarkozy Em cúpula, Sarkozy deve cobrar do Brasil redução de emissões Lula e Sarkozy devem assinar três acordos sobre a Amazônia Também na área de defesa deverá ser confirmada a compra pelo Brasil de quatro submarinos convencionais do tipo Scorpenes, além da estrutura de um submarino movido a propulsão nuclear que será construído pela Marinha. De acordo com um representante do governo francês, uma parte dos submarinos convencionais será construída no Brasil. Os dois países deverão ainda anunciar o início de uma parceria na área de educação, para troca de experiências em projetos de cursos profissionalizantes. Outros temas com potencial de desacordo entre Brasil e União Européia dizem respeito às metas para redução de emissões de carbono e à liberalização do comércio.  (BBC)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.