New York Times relembra ligações do PT com jogo do bicho

O jornal The New York Times também trouxe matéria sobre o escândalo envolvendo o ex-subchefe da Assessoria Parlamentar da Casa Civil, Waldomiro Diniz. Em texto publicado ontem, o jornal ecoa observações da imprensa local, como uma do jornal "Folha de S. Paulo", dizendo que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva passa por seu momento mais delicado. O diário avalia que o escândalo pode penetrar dentro do governo liderado pelo Partido dos Trabalhadores, que se auto-retrata como a única força limpa no mundo sombrio da política brasileira.O NYT lembra que não é a primeira vez que o Partido dos Trabalhistas está envolvido com um esquema que beneficia o jogo do bicho. O diário destaca que Lula tem se mostrado favorável à legalização do jogo do bicho, cujos tentáculos se fazem presentes tanto nos partidos políticos como no carnaval do Rio de Janeiro. O jornal faz referências à doação de US$ 500 mil por parte de bicheiros para a compra da sede do PT no Rio Grande do Sul e lembra que uma gravação mostrou uma voz, supostamente do responsável pelo caixa do partido, pedindo que a polícia fizesse vista grossa para as atividades do jogo do bicho no Estado. O jornal destaca que o ex-governador do Rio Grande do Sul e três outras autoridades da administração estadual estão hoje no governo Lula e que a investigação sobre o caso foi suspensa assim que Lula assumiu a Presidência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.