Nelson Jobim será mantido na Defesa por Dilma

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, permanecerá no cargo no governo da presidente eleita, Dilma Rousseff. Jobim esteve reunido por quase três horas na tarde desta segunda-feira, 6, com Dilma na Granja do Torto, em Brasília. Jobim chegou à Granja por volta das 14h45, e deixou o local há pouco, às 17h30, sem falar com a imprensa.

Tânia Monteiro,

06 Dezembro 2010 | 18h39

 

Segundo o Estado apurou, Dilma manterá Jobim na pasta a partir de 2011. A partir do próximo ano, o ministério da Defesa será desidratado, e deve deixar de supervisar o setor de aviação civil.

 

De acordo com uma fonte do governo, a presidente eleita considera importante que Jobim continue na Defesa para dar prosseguimento às ações já iniciadas na gestão Lula, como a reorganização e o fortalecimento das Forças Armadas.

 

Um dos desenhos em análise pela equipe de transição coloca toda a área de aviação civil numa secretaria ligada diretamente à Presidência da República.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.