Negado recurso da coligação de Mercadante contra Serra

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou ontem recurso apresentado pela Coligação "Melhor Pra São Paulo", que apoiou o então candidato a governador Aloizio Mercadante (PT) nas eleições de 2006. No recurso, a coligação acusa o atual governador de São Paulo, José Serra (PSDB), de ter utilizado propagandas institucionais da prefeitura da capital paulista durante a campanha. O tucano havia na época renunciado ao cargo de prefeito que exercia desde 2004 para concorrer ao governo do Estado.Segundo a coligação de Mercadante, o material de campanha eleitoral de Serra era muito parecido ao da propaganda institucional da Prefeitura. O caso já havia sido julgado em 2008 como improcedente pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP). Para o relator do recurso, ministro Marcelo Ribeiro, o tucano utilizou nas propagandas realizações suas durante a gestão à frente da Prefeitura, o que não infringe a Lei Eleitoral. A decisão também negou possibilidade de recurso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.