Neblina impede busca de dupla desaparecida em Ubatuba

Ricardo Vieira Prata e Silva e Fabiano Vilas Boas Cardoso continuam desaparecidos no morro do Corcovado, no município de Ubatuba, litoral de São Paulo. Eles se perderam quando tentavam alcançar o pico, na manhã de sábado. A trilha que leva ao Corcovado é conhecida como uma das mais difíceis do litoral paulista, com 1.160 metros de altitude. Segundo a Polícia Ambiental de Ubatuba, as buscas estão temporariamente suspensas desde o início da tarde desta segunda-feira devido à forte neblina que toma conta do morro, impedindo os helicópetros de voarem. Os dois jovens, de 20 anos, perderam o contato com a família pois, segundo a Polícia Ambiental, o celular que estavam utilizando perdeu a bateria. Segundo o Corpo de Bombeiros, na última comunicação a dupla disse estar perto do mar e com fome. A pedra do Corcovado é um dos pontos com vista panorâmica privilegiada, alcançando parte do litoral norte paulista e das colinas do vale do Paraíba. A subida costuma levar cerca de 7 horas e é considerada de grande dificuldade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.