Navio com produto tóxico encalha em Recife

O navio Jovanna encalhou ontem à tarde no Porto de Recife, no Recife Novo, em Pernambuco, e está obstruindo parte da entrada de outras embarcações. O cargueiro veio do Porto Hope Well Norfolk (EUA) e carrega 10 mil toneladas de adubo para plantas, feito à base de sulfato de amônio, produto químico altamente tóxico e que pode causar sérios danos ao meio-ambiente."Sabemos que o comandante do navio é um inglês, de Londres, e que houve um erro de manobra na entrada do porto. Será aberto um inquérito criminal na Marinha do Brasil, para se investigar o acidente.", afirmou o tentente Heitor Martins, do Corpo de Bombeiros de Recife.O cargueiro deveria atracar no porto às 22 horas de ontem. Duas bombas de sucção, com potência de 200 toneladas por hora, que estavam dentro do navio estão sendo utilizadas na retirada da água que invade o casco próximo à proa. A polícia conseguiu outras duas bombas, cada uma com mais de 100 toneladas por hora de potência, e ainda conta com quatro rebocadores e bóias para evitar que o navio vire."A água está entrando por um buraco feito no casco próximo à proa, mas está muito longe do compartimento onde fica a carga, o que nos deixa mais tranquilos", disse o tenente dos Bombeiros. A previsão é de que os trabalhos de sucção de toda a água que invadiu o navio dure até o amanhecer, para que depois disso, o navio seja rebocado e atracado de uma vez no porto de Recife. Nenhum tripulante da embarcação ficou ferido segundo a policia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.