´Não tenho nenhum apego a cargo´, diz Jucá

O líder do governo no Senado, senador Romero Jucá (PMDB-RR), reagiu com tranqüilidade à reivindicação da bancada do PT para que o partido retome a liderança do governo no Senado. "A decisão (de escolher o líder) é do presidente da República", disse Jucá. "Não tenho nenhum apego a cargo. Estou ajudando no que posso. É um direito da bancada reivindicar."Jucá disse que discorda da afirmação da líder do PT no Senado, Ideli Salvatti, de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não mantém diálogo com as bancadas no Congresso. O peemedebista disse acreditar que o presidente, no segundo mandato, vai cuidar mais da questão política, já que, no início do primeiro, enfrentou problemas e crise políticas. "Acho que ele vai ter uma relação mais próxima com o Congresso."Jucá disse que não vai discutir com o PT a questão da ocupação de cargos no governo. Disse que o PMDB, hoje, está discutindo internamente o modelo de governo de coalizão a ser implantado pelo presidente Lula: "Não temos essa angústia (com cargos). Pelo visto, o presidente Lula, também não."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.