'Não tenho mais a doença', diz Dilma sobre a pneumonia

A presidente Dilma Rousseff disse na manhã de hoje que melhorou da pneumonia. "Estou na reta final. Não tenho mais a doença", afirmou aos jornalistas, enquanto aguardava a chegada do primeiro-ministro da Suécia, Fredrik Reinfeldt, no salão nobre do Palácio do Planalto, em Brasília.

TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

17 de maio de 2011 | 11h48

Ao ser questionada se a saúde do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, também estava bem, em uma referência à acusação de ele multiplicar o próprio patrimônio por 20 num período de quatro anos, Dilma respondeu que a saúde do ministro vai bem.

Diante da insistência se Palocci estava bem no governo, Dilma reforçou: "Também. Todos estamos bem de saúde, inclusive vocês", disse a presidente, dirigindo-se aos jornalistas. "E politicamente?", insistiu uma repórter, sobre a situação de Palocci. Dilma não respondeu. O ministro, que acompanhou a presidente na chegada do primeiro-ministro sueco, não quis falar com a imprensa.

Mais conteúdo sobre:
Dilma Rousseffsaúdepneumonia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.