‘Não participei da reunião’, afirma publicitário

Dudu Godoy nega ser amigo de lobistas alvos de ação do Ministério Público em Campinas

Fausto Macedo, de O Estado de S. Paulo

29 de maio de 2011 | 23h00

O publicitário Dudu Godoy afirmou ao Estado que "não é amigo" dos lobistas Emerson Oliveira e Maurício Manduca, alvos da devassa do Ministério Público. Ele esclareceu que quem o apresentou aos lobistas foi Castrillon de Aquino, ex-presidente da Sanasa, economia mista que toca grandes obras de saneamento em Campinas.

 

Dudu afirmou que "no depoimento do senhor Aquino há um equívoco". "Quem solicitou o escritório para fazer uma reunião foi o próprio senhor Aquino, pedindo para fazer uma reunião com umas pessoas", rechaça.

 

Por e-mail, ele se manifestou sobre o caso. "Não sou amigo (de Oliveira e Manduca). Quem me apresentou às duas pessoas foi o próprio sr. Aquino, que era presidente em uma grande empresa de Campinas, a Sanasa - Saneamento e Água de Campinas", esclareceu. "Emprestei o escritório para o presidente de uma empresa onde a Prefeitura de Campinas detém 99% das ações e, sendo a comunicação centralizada, entendo que a empresa também é minha cliente."

 

Para Dudu não há inconveniente em emprestar o espaço a um cliente. "Ceder um escritório para um cliente é muito comum. Não participei da reunião, conforme depoimentos. Não sabia do assunto. Minhas relações com sr. Aquino foram sempre sobre comunicação."

 

Ele disse que já se reuniu com Aquino quando este exercia a presidência da Sanasa. "Sim. Sempre com a presença de pessoas da agência e da comunicação da Sanasa." Dudu Godoy foi categórico ao destacar a lisura de seus contratos com a administração de Campinas.

 

"Sempre regidos pela Lei das Licitações e pela Lei da Publicidade. Moro em Campinas desde 1981, onde vim para estudar jornalismo. Atuo profissionalmente na cidade e região desde 1989, tendo atendido mais de 27 prefeituras. Estou na administração municipal desde 1997, quando o sr. Chico Amaral era prefeito. Depois, com o Toninho (assassinado em 2001), Izalene e, por último, Dr. Hélio. Minha relação é estritamente profissional."

Tudo o que sabemos sobre:
Campinasfraudesprefeitura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.