Não índios deixam área de Urubu Branco

O presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Cesar Asfor Rocha, suspendeu a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região que impedia a desocupação de não índios da terra indígena Urubu Branco. Homologada em 1998, a terra tem 167 mil hectares e fica em Confresa, a 1.165 km de Cuiabá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.