'Não haverá crise entre STF e Senado, vai surgir solução', diz Fux

Ministro do Supremo aposta em consenso com o Legislativo sobre decisão ligada a Aécio

Denise Luna, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2017 | 12h16

RIO - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux descartou que vá ocorrer uma crise entre o STF e o Senado por causa da decisão da Corte em impor, na semana passada, sanções ao senador Aécio Neves (PSDB-MG).

"Vai se encontrar uma solução constitucionalmente legítima", afirmou o magistrado, após participar de evento sobre gênero, promovido pela Escola de Magistratura do Rio de Janeiro.

Fux considerou que é um gesto "delicado" o presidente do Senado comunicar à presidência do STF que irá julgar a decisão proferida pelo órgão, mas lembrou que a palavra final cabe ao STF.

"A cultura do descumprimento da decisão judicial é condizente ao caos político e institucional e à destruição da ideia do Estado de direito", afirmou.

+++ Ministros do STF divergem sobre decisão que afastou Aécio

Tudo o que sabemos sobre:
Luiz FuxAécio Neves

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.