Não há problemas nas escolhas de Campos, diz Marina após alianças no Rio e em SP

PSB confirmou nesta sexta apoio à reeleição do governador Geraldo Alckmin e à candidatura de Lindberg Farias (PT) ao governo fluminense

Luciana Dias

20 Junho 2014 | 15h28

MANAUS - Após o PSB anunciar as alianças com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) em São Paulo e com o senador Lindberg Farias (PT) no Rio, a ex-ministra Marina Silva afirmou nesta sexta-feira, 20, que "não há problemas" nas escolhas feitas pelo pré-candidato da legenda à Presidência, Eduardo Campos.  

Em São Paulo, o PSB terá a prerrogativa de indicar um nome para a vice na chapa de Alckmin em sua campanha à reeleição. No caso do Rio, o partido indicou o nome do deputado Romário para a vaga no Senado na chapa do PT na disputa pelo governo do Rio.

Marina afirmou que a indicação desses nomes ficará a critério do pré-candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos (PSB). 

"Será uma decisão de Eduardo. Ele ficará o responsável pela escolha, já tínhamos acertado estes pontos", afirmou Marina em Manaus, onde participou da convenção do PSB no Estado. "Não há problemas  quanto as escolhas do Eduardo Campos". 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.