Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Não há problema em PSDB ceder vaga a Jarbas, diz Guerra

O presidente do PSDB lembrou que os cargos nas comissões permanentes do Senado ainda não foram definidos

CIDA FONTES, Agencia Estado

03 de março de 2009 | 18h53

O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), disse nesta terça-feira, 3, que o partido não tem qualquer dificuldade em ceder uma vaga na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), que foi destituído do cargo pelo líder de seu partido, Renan Calheiros (AL). Porém, Guerra lembrou que os cargos nas comissões permanentes do Senado ainda não foram definidos.   Veja também:  Memória: Cronologia da crise que envolveu Renan  Renan destitui Jarbas de comissão por criticar PMDB PSDB oferece vaga na CCJ para Jarbas, afastado pelo PMDB Criação da CPI dos Fundos de Pensão divide peemedebistas Depois de destituir Jarbas da CCJ, o líder do PMDB fez uma mudança radical na Comissão de Infraestrutura, nomeando senadores de sua tropa de choque. O primeiro compromisso desse grupo é votar a favor da eleição de Fernando Collor de Mello (PTB-AL) para presidente da comissão, contra a senadora Ideli Salvatti (PT-SC). Renan retirou da Comissão de Infraestrutura os senadores peemedebistas Romero Juca (RR) e Valdir Raup (RO), que já tinham comunicado a ele a intenção de votar em Ideli. Saíram também os senadores Leomar Quintanilha (TO) e Valter Pereira (MS). As seis vagas do PMDB serão ocupadas agora por Wellington Salgado, Almeida Lima (SE), Gilvan Borges (AP), Geraldo Mesquita (AC), Paulo Duque(SL) e Mão Santa (PI).

Tudo o que sabemos sobre:
comissãoPMDBPSDBJarbasGuerra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.