Não há hipótese de renúncia, diz ACM

O senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) disse hoje no início da tarde que "não há hipótese de renúncia" ao criticar o relatório apresentado hoje pelo senador Roberto Saturnino (PSB-RJ) propondo a cassação do seu mandato e do senador José Roberto Arruda pelo envolvimento na violação do painel eletrônico do Senado. "Esta palavra renúncia foi muito explorada em contexto diferentes. Mas não há hipótese de renúncia", comentou. Antonio Carlos Magalhaes disse ainda que a sua disposição é lutar pelos votos na Comissão de Ética, que vota o relatório de Saturnino na próxima quarta-feira. "Nós vamos vencer e disputar os votos no Conselho", disse o senador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.