Não há conflito com Judiciário, diz porta-voz

O porta-voz da Presidência da República, Georges Lamazière, disse que não há nenhum confronto do Executivo com com o Judiciário, a propósito do plano de racionamento de energia elétrica. Ele disse que o presidente Fernando Henrique Cardoso fez, a respeito, apenas um comentário no sentido de que "é inabitual qualquer juiz se pronunciar antes da existência de uma ação, até mesmo suscitando que ela ocorra". A afirmação foi feita a propósito de declarações atribuídas a juízes, logo após o anúncio do plano, segundo as quais a sobretaxa nas tarifas de energia acima de determinado nível de consumo significava "confisco".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.