Não é necessário aumento do número de vereadores, diz Lula

Para o presidente, não são 'sete mil novos vereadores que vão resolver o problema das cidades'

João Domingos e Leonencio Nossa, de O Estado de S.Paulo

19 de dezembro de 2008 | 15h01

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira, 19, em café da manhã com jornalistas, que não acredita que seja necessário o aumento do número de vereadores. "Não são 7 mil novos vereadores que vão resolver o problema das cidades", disse o presidente, referindo-se a um projeto que tramita na Câmara.   Veja também: Após resistência, Câmara declara perda de mandato de infiel  Entenda o caso do primeiro deputado cassado pelo TSE Suplente de infiel condena desobediência de Chinaglia com TSE Entenda a fidelidade partidária    "Eu não tenho direito de dar palpite no que faz a casa legislativa. Mas eu acho que não é necessária a criação dessas novas vagas", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
PEC dos vereadoresLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.