Divulgação
Divulgação

Não convém antecipar campanha presidencial, diz Serra

Governador de São Paulo nega que encontros com Aécio Neves tenham qualquer relação com 2010

REJANE LIMA, Agencia Estado

08 de junho de 2009 | 14h34

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), disse nesta segunda-feira, 8, em São Vicente, na Baixada Santista, que não está em campanha eleitoral e que a reunião com o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), na última sexta-feira, foi para tratar apenas de agricultura. "Nem convém antecipar (a discussão sobre as eleições presidenciais de 2010). A gente tem de se debruçar sobre as tarefas de governo."

 

Durante discurso, o governador afirmou que seu trabalho é apartidário e citou como exemplo a destinação de recursos de seu governo à Baixada Santista e o fato de o prefeito de São Vicente, Tércio Garcia, ser do PSB, legenda da base de apoio do presidente Lula e que em tese não apoiaria uma eventual candidatura do tucano à Presidência.

O governador falou ainda sobre a queda da arrecadação no Estado no primeiro semestre deste ano e da manutenção dos investimentos. "A arrecadação caiu neste semestre, como em todo o Brasil. Caiu menos que a do governo federal, mas caiu. Nós estamos apertando os cintos, mas mantendo todos os investimentos previstos."

 

Serra esteve na região para inaugurar um viaduto no quilômetro 281 da Rodovia Padre Manuel da Nóbrega (SP-55), que facilitará o acesso à cidade do litoral sul. Os investimentos na obra somam R$ 28 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010José SerraSantos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.