Na TV, Lula critica quem não vê 'transformação do País'

Em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva reclamou que as pessoas não estão enxergando a "grande transformação" do País. "Nem sempre quem participa de um momento histórico percebe toda a sua amplitude", se queixou. "Ao contrário, muitas vezes enxerga com mais facilidade as dificuldades passageiras do que os efeitos mais profundos e permanentes da mudança." É tradição, na véspera do feriado de 7 de Setembro, o Palácio do Planalto divulgar um pronunciamento otimista do presidente da República. Na fala de hoje, Lula não fez diferente e disse que o País vive um momento de "solidez econômica e política". "Mais do que isso: vive um amplo movimento de inclusão social, de uma intensidade nunca vista", completou. Ele voltou a lembrar que, desde que assumiu o poder, mais de oito milhões de brasileiros saíram da linha de miséria. "O crescimento se espalha por todos os setores e por todo o País. A renda aumenta, o emprego cresce, o investimento se amplia, o credito se multiplica, o consumo aumenta."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.