Na serra, índios montam barreira e assumem território

Uma das principais preocupações dos índios da Raposa é o controle sobre suas terras - nas quais há décadas têm sido obrigados a conviver com garimpeiros, grileiros, turistas, caçadores. Essa preocupação é mais visível na região montanhosa da reserva, cuja paisagem lembra o interior de Minas. Na comunidade Arabadá, na região serrana, os índios se organizaram para montar uma barreira destinada a impedir a passagem de garimpeiros.Um aviso fixado ao lado da barreira diz: "Fiscalizamos entrada de bebida alcoólica, campanha eleitoral nas comunidades indígenas, materiais de garimpo, furto de gado, tráfico de combustível e drogas. Está de acordo com a Constituição Federal, a lei maior do Brasil." Jovens de diferentes aldeias se revezam na barreira - numa demonstração de trabalho coletivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.