Na presidência, Chinaglia discute propostas para Saúde

O presidente da República em exercício, Arlindo Chinaglia está reunido com ministros da Fazenda, Guido Mantega, do Planejamento, Paulo Bernardo, da Saúde, José Gomes Temporão, e das Relações Institucionais, Walfrido Mares Guia, para discutir a proposta do governo para aumento dos recursos da Saúde.Também os líderes da base aliada foram chamados para a reunião com Chinaglia. Dessa proposta, depende a votação do projeto de lei complementar que regulamenta a emenda 29, que ampliou os recursos para a saúde. A proposta que regulamenta os recursos para o setor está na pauta de hoje do plenário da Câmara mas a expectativa é de que seja votada amanhã quando espera-se que a negociação esteja concluída e também Chinaglia estará de volta a Câmara para presidir a sessão.Segundo assessores, na reunião os ministros e líderes estão fechando as contas para concluir a proposta que será apresentada à bancada parlamentar da saúde e ao PSDB.O aumento dos recursos para a saúde é também um dos pontos de negociação apresentados pelo PSDB para votar a proposta de emenda constitucional que prorroga a cobrança da CPMF. A expectativa é de que a proposta possa ser apresentada ainda hoje, conforme antecipou ontem o ministro Mantega. Ele tinha reuniões internas prevista na sua agenda de hoje, mas nem chegou a ir ao Ministério da Fazenda. Foi direto para o Palácio do Planalto. O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Machado, também participa das reuniões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.