Na Praça Sete, em BH, há 3 mil manifestantes, diz PM

Desde cedo a capital mineira é palco de manifestações contra o governo Dilma Rousseff (PT) e a corrupção. Neste momento, a Praça Sete, no centro, é um dos novos locais de protestos que reúnem mais manifestantes, cerca de 3 mil, conforme a Polícia Militar.

SUZANA INHESTA, CORRESPONDENTE, Estadão Conteúdo

15 de março de 2015 | 17h29

Assim como no ato de tarde da Praça da Liberdade, não há carro de som. Algumas lideranças tomaram o obelisco, conhecido como Pirulitão, e tentam puxar gritos de guerra para os presentes. Há pouco, um coro falou que o PT teria divulgado uma nota, minimizando a influência das manifestações. Após a fala, os manifestantes começaram a gritar: "Não vamos dispersar", "Renuncia" e "O, a Dilma é só caô". Os manifestantes começaram a cantar o Hino Nacional. Há jovens, casais e adultos, além de alguns mendigos.

Tudo o que sabemos sobre:
protestosDilma RousseffBHnúmeros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.