Na posse de senadores, Sarney fala em 'novos tempos'

Para marcar posição, PSOL lançou o senador Randolfe Rodrigues (AP) como candidato a presidente do Senado

Andrea Jubé Vianna, da Agência Estado,

01 de fevereiro de 2011 | 11h22

BRASÍLIA - Após meia hora de atraso, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), abriu nesta terça-feira, 1º, a solenidade de posse dos 54 senadores eleitos em outubro do ano passado. Em um breve discurso, o peemedebista, que caminha para o quarto mandato no comando do Senado, falou em "novos tempos e novos desafios". Ele exaltou a grandeza da instituição, que ao longo de sua história promoveu reformas constitucionais e políticas. "A instituição é maior do que todos nós juntos", disse.

Sarney convidou o também ex-presidente da República e senador empossado Itamar Franco (PPS-MG), que fez a leitura do compromisso de posse. Em menos de 30 minutos, todos os recém-empossados prestaram compromisso. À tarde, os senadores vão eleger a nova Mesa Diretora da Casa, com a provável reeleição de Sarney. Apenas para marcar posição, o PSOL decidiu lançar o senador Randolfe Rodrigues (AP) como candidato a presidente do Senado.

Tudo o que sabemos sobre:
SenadopossesenadoresSarney

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.