Na posse de Alencar, Lula destaca dedicação de Viegas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou a presença, na posse de José Alencar, no Ministério da Defesa, de governadores, líderes parlamentares e prefeitos, além dos presidentes da Câmara, Senado e Supremo Tribunal Federal. O presidente iniciou seu discurso salientando a dedicação do ex-ministro, José Viegas, e disse que sua participação no governo foi coberta de êxitos ao assegurar o fortalecimento da presença das Forças Armadas na Amazônia, a reativação do programa espacial e do Correio Aéreo Nacional, além da regulamentação da Lei do Abate. Sempre salientando que as ações da Forças Armadas foram levadas a efeito sob a liderança de Viegas, o presidente lembrou a atuação do Exército dentro do programa de Combate à Pobreza. O presidente ressaltou que escolheu para substituto de Viegas "ninguém menos que o vice-presidente". " Uma demonstração da importância que dou a pasta da Defesa", disse Lula. O presidente também falou dos compromissos das Forças Armadas com os deveres constitucionais "na estrita observância dos princípios democráticos". A solenidade, com a presença de mais de oito governadores e dos chefes dos três poderes, assumiu um tom bem mais solene do que a maior parte das transmissões de cargos entre ministros. Usualmente, o presidente da República dá posse ao ministro indicado no palácio do Planalto e a transmissão de cargo é feito no Ministério. Mas, nesta ocasião, os dois atos foram feitos simultaneamente no Palácio do Planalto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.