Ricardo Stuckert/@lulapelobrasil/Twitter
Ricardo Stuckert/@lulapelobrasil/Twitter

Na festa de 38 anos do PT, Lula chama sentença de Moro de 'mentirosa'

Ex-presidente criticou juiz federal que o condenou no caso do triplex e lamentou que decisão foi corroborada pelo TRF-4

Eduardo Laguna, O Estado de S.Paulo

22 Fevereiro 2018 | 23h21

SÃO PAULO - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou o ato em comemoração dos 38 anos do Partido dos Trabalhadores (PT) para atacar o juiz federal Sérgio Moro, que o condenou em primeira instância por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá, assim como para acusar que o julgamento ao qual está sendo submetido tem natureza política.

+++ Lula deu aval para Haddad conversar sobre unidade da esquerda com outros partidos

Durante evento do aniversário do partido na capital paulista, Lula afirmou que todos os que o interrogaram são “analfabetos políticos”. Também classificou como “mentirosa” a sentença expedida por Moro.

+++ Ações contra Lula, Geddel, Henrique Alves e Cunha saem das mãos de Vallisney

“Eu tenho dito que a Polícia Federal mentiu a meu respeito, tenho dito que a imprensa mentiu a meu respeito, tenho dito que o Ministério Público mentiu a meu respeito e lamentavelmente o Moro fez uma sentença mentirosa a meu respeito”, declarou Lula em um dos momentos de maior exaltação da militância que ocupou o auditório da Casa de Portugal, espaço na região central da capital paulista onde o PT costuma realizar seus eventos.

+++ ‘As pessoas diziam que iam lá jogar futebol, visitar o presidente’, afirma Pedro Corrêa em ação do sítio de Atibaia

Lula lamentou ainda que a condenação de Moro tenha sido posteriormente corroborada pelos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), de Porto Alegre. O petista disse não estar acima da lei, mas está “acima da mentira”. Também pediu aos militantes resistência em um momento em que o partido está sendo testado. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.