Na BA, oposição acusa PT de promover Dirceu na TVE

A exibição de uma entrevista do ex-ministro do governo Lula José Dirceu pela emissora estadual TVE Bahia e uso de sua imagem em destaque no Diário Oficial do Estado ontem causaram revolta na bancada de oposição ao governo estadual, comandado pelo petista Jaques Wagner. "Existe, entre eles, uma confusão entre o que é máquina pública e o que é máquina partidária", dispara o líder da oposição na Assembléia Legislativa baiana, Gildásio Penedo (DEM). A entrevista foi concedida ao ator e diretor Antônio Abujamra no programa ''Provocações'', da TV Cultura, de São Paulo. De acordo com Penedo, a bancada, apesar de pequena (15 dos 63 deputados estaduais) já se reuniu e decidiu entrar com uma denúncia de autopromoção partidária contra o governo no Ministério Público da Bahia (MPE). "Todo mundo sabe dos graves problemas pelos quais a política cultural está passando no Estado. O espaço que foi usado para promover o José Dirceu, tanto no Diário Oficial quanto na TV, poderia ser usado para divulgar nossa cultura em si", argumenta o parlamentar. A coordenadora de jornalismo do governo do Estado, Ivana Braga, alega que o uso da imagem de Dirceu no Diário Oficial foi decidido por critérios objetivos e jornalísticos. "Qualquer que fosse o entrevistado do programa, ele teria espaço no local, porque a página em questão (a contracapa do D.O.) é sempre usada para informar a programação cultural do dia no Estado, na TV e em outros locais", afirma. "Não ''politizamos'' nosso trabalho. Quando houve a morte do (senador) Antonio Carlos Magalhães (rival do atual governador), por exemplo, também avaliamos jornalisticamente que ele deveria ter bastante espaço, com foto grande e tudo", ressalta. O texto do Diário Oficial destaca que "Dirceu, que também é advogado, esclarece as acusações feitas contra ele e diz que nunca conseguiram provar nada contra sua pessoa", não faz nenhuma referência ao mensalão. Braga argumenta que são apenas comentários sobre o que o ex-ministro falou durante a entrevista. O diretor da TVE Bahia, Pola Ribeiro, afirma que o programa da TV Cultura de São Paulo faz parte da grade padrão da emissora estadual baiana. "A bem da verdade, seria uma honra para nós produzirmos um programa apresentado pelo Abujamra, ainda mais com o José Dirceu como entrevistado. Que emissora não gostaria disso?"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.