Na abertura, homenagem breve a Dirceu

O "ato de desagravo" do 3.º Congresso Nacional do PT aos petistas processados no Supremo Tribunal Federal (STF), planejado por integrantes do Campo Majoritário, resumiu-se a uma homenagem de poucos minutos ao ex-ministro e ex-deputado José Dirceu, na abertura do encontro, ontem à noite. Militantes interromperam o discurso do presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), para, de pé e em tom de festa, saudar o companheiro com gritos e bandeiras."Dirceu, Zé Dirceu, Dirceu!", berraram os petistas, com entusiasmo. Sorridente, o ex-ministro, muito cumprimentado por companheiros, com quem posara para fotos no plenário, acenou, agradecendo a solidariedade. Mas não houve discursos nem manifestação oficial: em seguida, Chinaglia retomou o seu pronunciamento, e os militantes se sentaram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.