Muriaé, cidade natal de Alencar, decreta luto de 3 dias

A cidade de Muriaé (MG), cidade natal do ex-vice-presidente José Alencar, decretou luto oficial de três dias, em respeito à morte de seu filho mais ilustre. Alencar nasceu em Itamuri, distrito de Muriaé, em 17 de outubro de 1931.

EQUIPE AE, Agência Estado

29 de março de 2011 | 16h59

Em nota no site da prefeitura, o prefeito José Braz (PP) manifestou expectativa em relação ao local em que ocorrerá o velório e o enterro do ex-vice-presidente, ponderando que há informações de que ambos poderão ser realizados em Muriaé. A decisão, diz Braz, será da família de Alencar.

Na nota, o prefeito de Muriaé afirma que, durante sua gestão na vice-presidência da República, Alencar "sempre contribuiu com sua cidade natal". "Com sua influência política, agilizou o encaminhamento de recursos para a realização de obras no município, além de ter solicitado a ministros de seu governo que dessem atenção especial a projetos para Muriaé", afirma a nota.

Segundo a prefeitura, uma das obras mais importantes foi a construção de uma unidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste). O campus foi inaugurado oficialmente em dezembro de 2010 e recebeu o nome de Dolores Peres Gomes da Silva, mãe do ex-vice-presidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.