Município cearense vai às urnas amanhã para escolher prefeito

Os 15.093 eleitores de Coreaú, a 284 quilômetros de Fortaleza, voltarão às urnas amanhã, em pleno feriado, para escolher o novo prefeito da cidade. A eleição, única no Brasil, foi determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TER) porque tanto o prefeito Luiz Carneiro Albuquerque (PMDB) como o vice dele, Bernardone Pinto (PSDB), eleitos em 2000, morreram - Albuquerque faleceu em janeiro do ano passado e Bernardone Pinto em agosto último. O presidente da Câmara Municipal, José Adson Gomes Albuquerque (sem partido), exerce o cargo interinamente. Três candidatos disputam o cargo, dois dos quais são os irmãos Cristino Moreira: Antônio (PMDB-PPS) e Francisco (PPB-PSDB-PL-PDT). O terceiro candidato é o petista Everardo de Souza Tabosa. Será usado o mesmo esquema do segundo turno das eleições para presidente e governador. Como a votação será eletrônica, a expectativa que é o resultado saia amanhã mesmo. A Polícia Federal reforça desde segunda-feira a segurança no município. Doze policiais, entre eles um delegado e um escrivão, ficam na cidade até sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.