André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Mundo vive reflexão após crise capitalista, diz Campos

Candidato criticou atual gestão econômica brasileira

NIVALDO SOUZA, DAIENE CARDOSO E BEATRIZ BULLA, Agência Estado

30 de julho de 2014 | 11h09

O candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, afirmou nesta quarta-feira, 30, que a economia mundial vive um momento de reflexão após a crise financeira de 2008. Ele criticou a gestão econômica da presidente Dilma Rousseff, afirmando que a "indústria está estagnada". "A produtividade do setor publico é baixíssima e não vai chegar (a isso) se distribuindo ministérios, se loteando agências reguladoras", disse.

Campos é o primeiro a ser ouvido na rodada de sabatinas providas pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quarta-feira. Os empresários falarão ainda com a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, e com o candidato Aécio Neves (PSDB), no evento Chamado de Diálogo da Indústria com Candidatos à Presidência. (Colaboraram Ricardo Della Coletta , Erich Decat, Ricardo Britoe Bernardo Caram)

Tudo o que sabemos sobre:
EleiçõesCNIsabatinaCampos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.