Mulher do prefeito de Pelotas exonera-se

A secretária de Cidadania e Direitos Humanos de Pelotas (RS), Miriam Marroni, mulher do prefeito Fernando Marroni (PT), pediu exoneração do cargo no início da noite. Em nota, o prefeito informa que acatou a decisão como sendo "política individual". No texto, ele reafirmou que a nomeação havia sido "correta e embasada em critérios legítimos de qualificação técnica e moral e reconhecimento público". Miriam foi reeleita vereadora no ano passado, e tem reconhecida atuação no campo social na cidade. O prefeito acrescentou que não houve aumento da renda familiar, pois o salário de vereador é igual ao de secretário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.