Mulher de Carlinhos Cachoeira paga fiança de R$ 100 mil

Pagamento era condição para Andressa Mendonça não ser presa, após acusação de tentativa de chantagem a juiz federal para libertar o contraventor

Rubens Santos, de O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2012 | 14h45

ANÁPOLIS - Andressa Mendonça, a mulher do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, pagou nesta terça-feira, 31, a fiança de R$ 100 mil, em dinheiro, conforme determinado em medida cautelar pelo juiz Mark Yoshida Brandão, da 13ª Vara da Justiça Federal em Goiânia. Caso a determinação não fosse cumprida, seria expedido mandado de prisão contra ela.

 

A medida foi em resposta à denúncia de que Andressa teria tentado chantagear o juiz federal Alderico Rocha Santos em troca da liberdade do marido, preso desde fevereiro. À Polícia Federal, o juiz, responsável pelo julgamento do contraventor, afirmou ter sido procurado por Andressa em seu gabinete na semana passada. Nessa segunda-feira, 30, ela foi detida, mas ficou em silêncio.

 

Além da fiança, o delegado Sandro Paes Sandre, da Policia Federal em Goiás, proibiu Andressa de ter contato ou visitar Cachoeira e também com pessoas vinculadas ao processo da Operação Monte Carlo. Ela responderá processo por crime de corrupção ativa.

 

Na próxima semana, Andressa e o juiz Alderico Rocha Santos passarão por acareação na PF, em Goiânia. Rocha assumiu o processo da Operação Monte Carlo, que prendeu Carlos Cachoeira e mais 80 pessoas, no mês de fevereiro. Todos, de acordo com a PF, estão envolvidos num esquema de exploração de jogos ilegais, em Goiás.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
cpi do cachoeiraandressa mendonça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.