Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Mudança na reforma é especulação, diz Marcone Perilo

O governador de Goiás, Marcone Perilo (PSDB), não se impressionou com a forte repercussão do noticiário de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria cedido a pressões e decidido alterar substancialmente o projeto de reforma da Previdência que encaminhou ao Congresso. Entrevistado no Jornal das Dez, da Globo News, ele disse que a informação não passa de uma "especulação", lembrando que os governadores são co-autores da proposta original, e que tampouco foram comunicados sobre as mudanças. "Os governadores não foram informados de nenhuma alteração, até o presente momento. Certamente que, se houver alguma decisão nova por parte do presidente, nós, governadores, que somos co-responsáveis pela afirmação deste propósito de se fazer as reformas, seremos comunicados e vamos, inclusive, tomar uma posição", afirmou.Segundo Marcone Perilo, ao dar seu apoio aos projetos de reforma tributária e previdenciária, os governadores dos 27 Estados brasileiros tinham e mantêm a convicção de que elas são para valer. Explicou que a reforma da Previdência objetiva reduzir privilégios e propiciar uma certa isonomia entre os setores público e privado. Ouvidos pela Globo News, opinião idêntica foi colhida dos governadores de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), e de Pernambuco, Jarbas Vasconcellos (PMDB).

Agencia Estado,

11 de julho de 2003 | 07h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.