Múcio: Lula fará campanha onde houver coalizão unida

O ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, disse hoje que a reunião do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com os ministérios, no Palácio do Planalto, foi a mais política de todas. Ao fazer um relato em entrevista coletiva após o encontro, ele afirmou que Lula cobrou empenho dos ministros para evitar novas derrotas no Congresso e informou que o presidente participará das campanhas das eleições municipais deste ano. "O presidente participará em cidades em que nossa forças de coalizão estiverem unidas." Segundo Múcio, o processo de negociação para aprovar a emenda que prorrogava a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), derrubada pelo Senado no final do ano passado, foi considerada "pedagógica" pelo governo. O ministro relatou que o presidente gastou boa parte das suas intervenções durante o encontro para pedir que os ministros se esforcem nas negociações com o Congresso. "Temos de capitalizar melhor o potencial político de cada ministro", disse Múcio. "Mesmo os ministros mais técnicos vão ter que dar sua contribuição política", afirmou. Múcio avaliou que mudanças nas relações do governo com o Congresso só serão possíveis quando cada ministro e cada secretário estiverem unidos no trabalho de articulação política.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.