Múcio: Lula avalia se reforma tributária sai até dia 30

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda avalia se manterá sua decisão de encaminhar a proposta de reforma tributária no dia 30 deste mês ao Congresso, informou hoje o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro. Ontem, durante a reunião do Conselho Político de governo, o senador Francisco Dornelles (PP-RJ) ponderou que seria mais conveniente o governo não apresentar a reforma tributária até que a proposta de prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) fosse aprovada."A preocupação de alguns companheiros da base aliada é que nós venhamos a ter problemas por suscitarem dúvidas diante da necessidade de aprovação da CPMF. O senador Dornelles ponderou por ser uma matéria extremamente polêmica, não ia criar problemas antes que nós votássemos a CPMF", contou Múcio. Segundo ele, o governo está com a reforma pronta para ser enviada dia 30, o que já foi comunicado ao presidente da Casa, presidente Arlindo Chinaglia.Disse ainda que "o governo perdeu" com a exoneração de Walfrido dos Mares Guia. "Ele é um motivador, um grande gerente, mas acho que ele pensou com grandeza, pensou na sua família, para que as coisas não se multiplicassem e a má interpretação desse viés a outros caminhos e teve grandeza também em pensar no governo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.