Múcio diz que decisão sobre votação da reforma sai nesta 3ª

Ministro disse que vai conversar sobre o assunto com o presidente Lula, que também está em Recife

Agência Brasil

02 de dezembro de 2008 | 15h38

A resposta do governo sobre a proposta da oposição de analisar a  reforma tributária só em março do ano que vem, em troca de desobstruir a pauta de votações no Congresso Nacional, vai ser definida em alguns instantes. A garantia é do ministro de Relações Institucionais, José Múcio, que está nesta terça-feira, 2, no Palácio Campo das Princesas, sede do governo de Pernambuco, para participar do 9º Fórum de Governadores do Nordeste.     Veja Também:    Veja os principais pontos da reforma tributária  Leia a íntegra da proposta que tramita na Câmara    Ele disse que vai conversar sobre o assunto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que também está em Recife. "Vai depender do presidente, se vamos fazer essa troca ou não", disse Múcio.   O ministro sabe que os governadores nordestinos vão apresentar muitas reivindicações sobre a reforma tributária durante a reunião, mas disse que é preciso chegar a um meio termo. "Se nós sonharmos com a reforma modelo nunca vamos sair deste modelo, que vige hoje, para o sistema que desejamos", afirmou.

Mais conteúdo sobre:
Reforma tributáriaJosé Múcio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.