MST tem 48 horas para sair de fazenda no RS

Os sem-terra terão 48 horas para desocupar a Agropecuária Santa Bárbara, em São Jerônimo (RS), invadida na madrugada de terça-feira por 1,5 mil famílias. A ordem judicial de reintegração de posse da segunda fazenda do Rio Grande do Sul invadida, em Júlio de Castilhos (RS), não concedeu prazo, mas a requisição de uso de força policial está no Tribunal de Justiça. Hoje pela manhã os representantes dos fazendeiros se reuniram com o governador Olívio Dutra para discutir o cumprimento das decisões judiciais. O governo deverá ir aos locais invadidos para tentar negociar com o MST. Alguns líderes do movimento não descartam novas ocupações, embora dez dos doze acampamentos do MST no Estado já tenham sido mobilizados para as duas fazendas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.