MST ocupa unidade do Itesp em Teodoro Sampaio

Militantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) ocuparam na manhã desta quarta-feira,19, o escritório da Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp) em Teodoro Sampaio, no Pontal do Paranapanema. Eles protestam contra a suspensão do crédito habitação para famílias assentadas da reforma agrária na região. De acordo com a Polícia Militar, cerca de 60 pessoas participam da ocupação.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

19 Junho 2013 | 14h26

O Itesp informou que o grupo procede do Assentamento Dona Carmen, do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Mirante do Paranapanema. O Instituto dá assistência técnica aos assentados, mas as verbas são repassadas pelo Incra. Representantes dos dois órgãos estão reunidos com líderes dos assentados. Em Tarabai, a Justiça mandou desocupar a Fazenda Dolores, invadida no domingo por integrantes do MST da Base. Líderes do movimento informaram que vão cumprir a ordem de reintegração de posse nesta quarta-feira.

Mais conteúdo sobre:
protestos MST Itesp Teodoro Sampaio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.