MST ocupa fazenda para pressionar Incra a vistoriar área

Cerca de 150 famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) ocuparam nesta segunda-feira a Fazenda Paraíso, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Os sem-terra deixaram um acampamento provisório na Fazenda São José localizado a aproximadamente 20 quilômetros da propriedade invadida, que possui 730 hectares. De acordo com líderes regionais do MST, a ocupação foi realizada como objetivo de pressionar o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para que vistorie a área. "Nós estamos cobrando o assentamento dessas famílias que estão acampadas faz um ano", disse o líder Juarez Moura.O Incra confirmou que a fazenda não foi vistoriada, mas alegou que o MST não fez nenhuma solicitação oficial nesse sentido. "A área é improdutiva", disse Vanderlei Martini, um dos coordenadores estaduais do MST. No início da manhã, a Polícia Militar esteve no local e registrou boletim de ocorrência. A invasão foi pacífica e não foi registrado nenhum incidente. A PM não informou o nome dos proprietários do imóvel. Esta foi a segunda fazenda invadida pelo MST em 2006 na região do Triângulo e Alto Paranaíba. No dia 1º de maio, famílias ligadas ao movimento ocuparam a Fazenda Iara, em Sacramento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.